Por que eu sempre tenho que fazer xixi? 11 Causas de Urinar Frequentemente

Muita gente tenta lutar contra a vontade de fazer xixi constantemente. Ter vontade de fazer xixi o tempo todo não é apenas desconfortável, como pode ser bem constrangedor.

Mas, em vez de apenas ser algo inconveniente, a necessidade de fazer xixi o tempo todo pode indicar uma série de problemas.

Muitas vezes, as pessoas urinam cerca de seis a sete vezes ao dia.

No entanto, urinar de quatro a umas dez vezes ainda pode ser considerado normal, desde que isso não cause problemas.

Muitas vezes, pessoas que urinam de oito a dez vezes por dia são as que tem motivo de preocupação.

Para maior parte das pessoas, o desejo de fazer xixi constantemente vem e vai.

Existem alguns fatores que podem influenciar em quantas vezes você vai ao banheiro para urinar, como o sono, estresse e a hidratação.

Para saber o que está causando a micção frequente, faça uma imagem completa não apenas de seus hábitos, mas de sua saúde geral também.

Então, vejamos a seguir alguns motivos que poderão lhe ajudar a identificar a principal causa por trás da sua necessidade frequente de fazer xixi.

1. Acidente vascular cerebral ou outra doença neurológica

Pessoas com problemas neurológicos podem ter constante necessidade de urinar devido ao efeito prolongado do dano nervoso.

Nesta situação, o desequilíbrio urinário terá mais de um sintoma, dependendo da situação.

Para saber mais, dirija-se a um médico especialista para fazer alguns testes e por fim determinar o que deve ser feito nesse caso.

2. Ingestão excessiva de líquidos

A ingestão adequada de água pode deixar a sua pele com uma textura mais bela e ajudar com desequilíbrios do corpo.

Mas, enquanto as pessoas dizem que você precisa ficar hidratado, não dizem quando parar.

Um estudo diz que não é benéfico consumir mais de oito a dez copos de água por dia.

Se exceder essa quantidade, a sua frequência urinária se torna cada vez maior além do risco de desenvolver uma infecção por excesso de água.

Então, se está com vontade de fazer xixi toda hora, os seus níveis de hidratação precisão ser verificados.

3. Bexiga hiperativa

Só nos Estados Unidos, cerca de 33 milhões de americanos tem sofrido com uma condição conhecida como bexiga hiperativa.

A bexiga hiperativa caracteriza-se por nervos existentes na sua bexiga que acabam se contraindo sem o seu controle.

A bexiga hiperativa foi percebida inicialmente como um sinal de envelhecimento.

Mas, recentemente, um estudo descobriu que cerca de 1/4 das pessoas que sofrem com a bexiga hiperativa foram diagnosticadas com este problema antes de completar os 35 anos.

A bexiga hiperativa faz você sentir vontade constante de fazer xixi, mesmo que não exista muito líquido acumulado em sua bexiga.

Mas existem boas maneiras de ajudar a tratar este problema.

Algumas delas incluem medicamentos prescritos que aliviam o problema.

Para tratar o problema, outras pessoas acabam escolhendo passar para a faca com procedimentos clínicos invasivos, como injeções na bexiga para ajudar com esta condição.

4. Infecção Urinária

Se a necessidade constante de urinar vier acompanhada de febre, dor no abdômen ou sentimentos de desconforto ao fazer xixi…

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE

Você provavelmente está com infecção no trato urinário.

A infecção urinária se dá por bactérias que entram em seu corpo através do trato urinário.

Apesar disso, felizmente este problema pode ser tratado doses controladas de antibióticos.

5. Diabetes

Tanto o diabetes tipo 1 como o tipo 2 podem fazer você fazer várias viagens ao banheiro.

Uma pessoa diabética extrai do corpo a glicose por meio da urina, significando que ela não vai urinar apenas com mais frequência, mas também em maiores quantidades.

A diabetes também faz você sentir mais sede, o que resulta no excesso de hidratação, provocando a urina excessiva.

O diabetes também tem relação com outras doenças, por isso é importante verificar os níveis de glicose regularmente.

6. Ansiedade

O excesso de ansiedade pode causar grandes problemas urinários.

Se você é uma pessoa naturalmente nervosa ou luta contra a ansiedade, suas idas no banheiro podem ser mais frequentes.

geralmente, a bexiga se expande até ficar cheia, então envia um sinal para o cérebro, que começa a estimular o desejo de ir ao banheiro.

Mas, quando se está ansioso, a bexiga se torna mais ativa, enviando o tempo todo sinais para o cérebro.

Para tratar este problema, primeiro precisa tomar medidas para ajudar a gerenciar sua ansiedade.

Existem algumas opções que podem ajudar a diminuir os níveis de estresse que são a terapia de meditação e técnicas de relaxamento.

7. Problemas de próstata

Uma próstata um pouco maior também pode estimular o desejo de urinar com mais frequência.

A próstata inflamada fica pressionando a uretra o tempo todo, bloqueando a passagem natural de urina.

Isso acaba irritando demais a bexiga, fazendo com que ela comece a se contrair mesmo quando contém pequenas quantidades urina.

8. Gravidez

Uma bexiga agitada pode ser sinal de gravidez.

Quando se está grávida, o útero empurra a bexiga com mais intensidade, fazendo com que você queira urinar mais vezes ao dia, mesmo que ela não esteja cheia.

Se continua com a sensação de bexiga cheia, porém urina pouca coisa, faça um teste de gravidez para saber o possível motivo.

9. Ingestão diurética

Tipos de substâncias como o álcool e bebidas altamente cafeinadas são bem conhecidas como bebidas diuréticas.

São bebidas com substâncias que estimulam a sua capacidade de urinar bastante.

Geralmente as medicações usadas para tratar o acúmulo de fluido no corpo e pressão alta também atuam como diuréticos.

Se costuma consumir grandes quantidades de bebidas alcoólicas ou com cafeína, tente limitar o consumo.

10. Cistos ovarianos

Os cistos no ovário crescem anormalmente, eles podem também empurrar a bexiga.

Esta pressão dá a sensação de bexiga cheia mesmo quando ela não está.

Os sintomas de cistos no ovário incluem forte dor pélvica ou irregularidades no ciclo menstrual.

Estes cistos podem ser detectados por meio de ultra-som.

11.Cistite intersticial

Nesta condição, os nervos responsáveis por encaminhar sinais da bexiga para o cérebro são seriamente afetados.

Você passa a sentir dores não apenas na região da bexiga, como também na região pélvica, o que deve ser verificado imediatamente.

Outro sinal de cistos intersticiais inclui a urina frequente, porém pouca urina sai.

Este problema pode ser tratado com técnicas de fisioterapia, estimulação nervosa e meditação.

Matérias Recomendadas

VEJA TAMBÉM
loading...
Compartilhe:

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *